RSS

A arte de ser quebrado.

11 jun

Então, como sempre, estou morrendo de preguiça de escrever, mas semana passada aconteceu uma comigo que deve ser contada. hehehehehehe

Bom, vocês já sabem que tenho um irmão Jacu. Eu e meu irmão descordamos de quase tudo… ele gosta de marrom e eu de verde, ele gosta de campo e eu de cidade, ele gosta de jazz e eu de pagode, eu sei jogar videogame e ele não (sendo xingado em 3… 2… 1…) e se dona Maria não me assegurasse (tá certo isso?) que somos irmãos eu pediria um DNA, fácil! Mesmo porque na infância sempre fui aterrorizado por ele, dizendo que eu era adotado… hehehehehehehehe.  Mas tem 2 assuntos que é pá e bola, nós concordamos 100%, cada um de sua maneira, lógico, Flamengo e Comida. Meu irmão é jacu, mas se você quer saber dos melhores rangos de uma cidade, bate 2 minutos de papo com ele.

Nessas de me contar novidades alimentícias, ele me falou de um restaurante.. El negro, el gato, el gato negro… sei lá, aonde a carne era indecente e valia a visita. Guardei isso na caixola e segui em frente.

Semana passada estávamos eu e meu amigo Marcão (companheiro de aventuras aqui e em terras gringas) com fome, mas quebrados como sempre. Eu estou numa dieta (sim estou e quem rir de mim deu mais 2 passos “to hell”), que consiste basicamente na hora do almoço em salada a vontade e 240 gramas de carne, é carne pra burro. Sem idéia de onde ir e contando os centavos, me lembrei do meu irmão jacu, que me dera a recomendação do tal el gato, el nego, el gato negro, enfim… aonde a carne é abundante e gordinhos, mesmo de dieta, são felizes.

Rumamos pra lá sem dó. Chegando lá eu e Marcão já achamos que a praia não era pra nós, na entrada, a Hostess (sim, esse é o nome da mocinha que te recebe com um sorriso na porta do restaurante) nos chamou de senhores e nos encaminhou até a mesa. Lugar chique do caramba, coisa fina mesmo. Fomos já meio desconfiados para nosso lugarzim e sentamos felizes. Ao abrir o cardápio, se a mãe não fosse a minha, eu tinha xingado muito a mãe do meu irmão. O prato mais baratim era um de frango que pela descrição, não dava nem pra Bia, que custava nada menos que 45 legais. Engoli seco, fingi que tava tudo bem e continuei a olhar o cardápio sem mostrar pro meu amigo Marcão a minha real situação de abalo. Passados 5 minutos de silêncio sepulcral (aprendi essa palavra ontem) , virei pro meu amigo Marcão, sem nem mudar a cara, e disse: “Marcão, assim, meu irmão é um bosta! Tô com medo desse cardápio”. Marcão desatarraxa a rir, suando feito tampa de chaleira, e fala: “Véi, aqui é caro demais!!!!! Não pago nem o refri!” huahauhauahuahuahaua!

O garçom veio todo sorridente pro nosso lado mandando o tradicional: “Já escolheram senhores?”. Sinceramente eu não sabia o que responder… parei… pensei… pensei… pensei e tive uma idéia. Travamos o diálogo a seguir:

– Não amigão, to esperando meu irmão, pra te falar a verdade ele já deveria estar aqui!
– O Sr. quer esperar mais?
– Não, vou ligar pra ele… só um minutinho.

Nessa hora o Marcão olhava pra mim com aquela cara de “hã!”.  Peguei meu celular na maior cara de pau, liguei pra Claro (todo mundo sabe que em menos de 30 minutos você não fala com uma viva alma na claro) e travei o monólogo a seguir ao lado do garçom:

– Fala mané?! Cadê você?
– Oxi, como assim tá aqui? Nós estamos aqui!
– Hã?! Asa sul?!
– Tá doido? To aqui no restaurante da Asa Norte, como é o nome… El gato, El negro… El gato negro, sei lá!
– Como assim não é aqui? Já estamos sentados!
– Tá, estamos indo praí. Sua anta.
– Aí chegadão (me referindo ao garçom) , estamos no restaurante errado.

O garçom riu, no fundo eu acho que ele sakou. Eu e Marcão levantamos, e saímos quase correndo pra ir pra um Self-service.

Liguei pro jacu e só não chamei ele de lindo…

Aff… ter irmão trabalhando em multinacional é palha demais. BIXU RICO DA PESTE!

 

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em junho 11, 2012 em Nada demais

 

Uma resposta para “A arte de ser quebrado.

  1. allanhaziAllan

    junho 13, 2012 at 9:49 am

    Poxa bicho, a comida lá é muito boa .. o gordim aqui adora 🙂

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s